EFC2018 - Portugal é vice-campeão europeu

09/06/2018

O maior acontecimento europeu de 2018 do Futevólei aconteceu na Áustria, em Graz, na praça central, um grande anfiteatro do maior espetáculo desportivo praticado na areia.

Portugal representado por Nelson Pereira (distinguindo como melhor jogador do campeonato europeu) e Miguel Pinheiro, nomeadamente os tetracampeões nacionais e campeões da Europa em 2017, estiveram em grande nível, imagem de marca que esta dupla vem afirmando por todo o continente europeu, apenas vacilando na final frente a não menos valiosa dupla francesa, da Córsega, constituída por Antoine Ottaviani e Lucien Alessandri.

A representação nacional contou ainda com a participação das duplas Filipe Santos/Beto Correia, vice-campeões nacionais, que alcançaram um honroso 4º lugar, ainda a dupla Alan Cavalcanti/Ruben Santos que embora eliminada no Qualifying esteve em bom nível. A representar institucionalmente a Federação Nacional de Futevólei esteve o seu vice-presidente Hernâni Baptista e a arbitragem nacional esteve representada por Igor Oliveira.

Graz um dos locais europeus mais tradicionais ao nível da prática da modalidade, acolheu entre os dias 7 e 9 de Junho as principais duplas/seleções nacionais da modalidade em representação de países como Alemanha, Áustria, Bélgica, Croácia, Espanha, França, Grécia, Holanda, Itália, Noruega, Portugal, Reino Unido e Suíça, as principais figuras do panorama europeu.

O derradeiro e decisivo dia da prova, 9 de Junho, acabou por ser a reedição da final de 2017 em Portugal, comprovando que estes são as 2 países atualmente de maior nível do futevólei europeu, Portugal começou melhor, defendendo bem e atacando melhor fechou o 1º set com o marcador a assinalar 18x13. Sabendo de antemão que novo desaire no 2º set significaria a derrota, a dupla francesa retificou alguns aspetos do seu jogo e com uma ponta final emocionante e muito disputada fechou o 2º set na frente pela diferença mínima com o marcador a parar nos 20x18. No jogo da ‘negra’ a dupla francesa entrou muito determinada conquistando desde logo uma vantagem importante e que viria a ser decisiva para fechar o terceiro e decisivo set com o marcador a assinalar claros 15x6, tornando-se desde logo os campeões europeus de 2018.